UFC SP: Charles do Bronx e Ricardo Carcacinha ofuscam evento principal

Com performances brilhantes, do Bronx e Carcacinha brilham em noite pouco inspirada para Shogun e Jacaré. Evento foi marcado pelo equilíbrio entre estrangeiros e brasileiros e terminou com protesto da torcida contra luta decepcionante no evento principal.


Jan Blachowicz vence Ronaldo Jacaré em luta muito estudada (Fonte Reprodução UFC)

Ronaldo Jacaré estreou em nova categoria com derrota no último sábado (16) no UFC São Paulo em duelo contra Jan Blachowicz atual 6° no ranking peso meio-pesado que tem o americano Jon Jones como atual campeão.


A luta que frustrou os fãs presentes no evento durou cinco rounds e rendeu algumas vaias, "protesto" com lanternas de celular durante combate e até muito espectadores indo embora antes dos juízes decretarem o vencedor do evento principal. A trocação entre os atletas foi muito estudada e nenhum dos dois arriscaram muito e decidiram por agir no contra golpe para não se expor ao poder de nocaute do oponente. Jacaré usava seus socos como distração para entrar inicialmente nas pernas de Blachowicz conduzindo o oponente para a grade mas desistia da queda para trabalhar o boxe no clinch. Repetiu a tática durante os cinco rounds sem grande eficiência. Jan Blachowicz pouco fez para sair dos clinchs e adotou um estilo bem conservador durante o combate porém teve leve vantagem durante a trocação e fez um bom trabalho evitando as quedas iniciais do brasileiro.


Os juízes deram a vitória para Blachowicz por decisão dividida frustrando toda a torcida presente. Ao menos aqueles que ainda restaram nas arquibancadas do Ibirapuera.



Maurício Shogun e Paul Craig protagonizaram outra luta parada (Foto Reprodução UFC)

Maurício Shogun veterano no UFC enfrentou Paul Craig em duelo pouco inspirado por parte de ambos lutadores rendendo um frustrante empate por parte dos juízes do combate. No primeiro round Paul Craig conseguiu aplicar boa combinação de golpes causando alguns danos ao rosto do brasileiro mas parou por aí. O brasileiro conseguiu ficar por cima durante segundo e terceiro round mas pouco fez para trabalhar a passagem de guarda do adversário e seus golpes não atingiam Paul Craig com a precisão necessária. Ambos lutadores saem do combate frustrados por suas atuações mas não necessariamente com a decisão dos juízes.



Charles do Bronx vence combate e desafia Connor Mcgregor e Paul Felder (Fonte Reprodução UFC)

Dois brasileiros roubaram a cena durante evento no ginásio do Ibirapuera, Charles do Bronx e Ricardo Carcacinha.


Do Bronx impressionou em seu combate contra Jared Gordon e nocauteou o adversário para surpresa de muitos presentes, não apenas pela vitória não vir através de suas famosas finalizações mas também pela força demonstrada durante os golpes. Charles do Bronx demonstrou que está no topo da categoria dos pesos leves e pediu por combate contra Connor Mcgregor ou Paul Felder. Após evento também falou sobre suas qualidades em comparação ao campeão Khabib Nurmagomedov e afirmou que possui o que é necessário para parar o russo.



Ricardo Carcacinha finaliza Garagorri com performance impressionante (Foto Reprodução UFC)

Outro que impressionou no evento foi Ricardo Carcacinha que venceu o adversário ainda no primeiro round do combate. Brasileiro seguiu o manual de como colocar o oponente no chão, trabalhar as posições, imobilizar e finalizar Garagorri. Definitivamente uma das melhores performances do evento.


Confira resultados de todos combates do UFC São Paulo: (Fonte UFC)


CARD PRINCIPAL


Jan Blachowicz venceu Ronaldo Jacaré por decisão dividida (48-47, 47-48, 48-47); Maurício Shogun e Paul Craig empataram de forma dividida (29-28, 28-29, 28-28); Charles do Bronx venceu Jared Gordon por nocaute aos 1m26s do 1º round; André Sergipano venceu Antonio Arroyo por decisão unânime (triplo 30-27); Wellington Turman venceu Markus Maluko por decisão unânime (triplo 30-27);


CARD PRELIMINAR


James Krause venceu Serginho Moraes por nocaute aos 4m19s do 3º round; Ricardo Carcacinha venceu Eduardo Garagorri por finalização (mata-leão) aos 3m57s do 1º round; Francisco Massaranduba venceu Bobby Green por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28); Randy Brown venceu Warlley Alves por finalização (triângulo) aos 1m22s do 2º round; Douglas D'Silva venceu Renan Barão por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-26); Ariane Lipski venceu Isabella de Pádua por decisão unânime (30-26, 30-26, 39-27); Tracy Cortez venceu Vanessa Melo por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28).

2 visualizações

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados