UFC Moscou: Zabit e Volkov vencem, Brasileiro Klidson Abreu é derrotado

Com card repleto de russos, UFC Moscou teve nove vitórias por decisão dos juízes incluindo Zabit e Volkov, nocaute cinematográfico de Magomed Ankalaev e primo de Kabib Nurmagomedov finalizado. Único brasileiro no evento, Klidson Abreu é derrotado em luta equilibrada.


Zabit vence Calvin Kattar por decisão unânime (Foto Reprodução: UFC)

Neste último sábado (09) aconteceu o UFC Moscou com card repleto de atletas da casa. As principais atrações da noite eram Zabit Magomedsharipov (5° peso penas) e Alexander Volkov (7° peso pesados). Ambos lutadores venceram seus combates na decisão dos juízes.


Zabit Magomedsharipov já é conhecido e admirado dentro do UFC pelas suas acrobacias e finalizações e vem em uma crescente no evento. Claramente se trata de um lutador diferente, não só pela sua estatura e envergadura acima do que se considera normal para a categoria dos peso penas mas também pelo seu jogo pouco ortodoxo.


A luta foi bem equilibrada, com o adversário Calvin Kattar aplicando bons golpes e trabalhando arduamente para desgastar o russo, tática que se mostrou eficiente em muitos momentos do combate. Ao final Zabit demonstrava um cansaço que nunca demonstrou em outros combates e por um momento parecia ansioso pelo fim da luta. Mesmo assim, venceu por decisão unânime (Triplo 29-28) e pediu uma chance de disputa de cinturão contra o vencedor de Max Holloway e Alexander Volkanovski que acontece no UFC 245. Ambos venceram prêmio de combate da noite.



Alexander Volkov vence Greg Hardy, substituto de Junior Cigano (Foto reprodução: UFC/Getty Images)

Alexander Volkov venceu por decisão unânime o americano Greg Hardy no co-main event do UFC Moscou. Inicialmente este combate era para acontecer com o brasileiro Junior Cigano, porém o experiente lutador teve de ser substituído após contrair grave infecção na perna. O substituto foi a sensação dos peso pesados em 2019 Greg Hardy que já lutou cinco vezes apenas este ano.


Volkov com sua base carateca e um jiu-jitsu afiado manteve o combate em pé onde dominava a trocação mesmo sofrendo alguns duros golpes de Hardy porém dominou o combate vencendo os 3 rounds por 10-9 totalizando 30-27 ao final. O russo ocupa atualmente o 7° lugar no ranking peso pesado foi desafiado por Francis Ngannou (2°) nas redes sociais, combate que deve acontecer em 2020 devido a indisponibilidade de datas em 2019. Greg Hardy mesmo derrotado, encerra o ano com um saldo positivo de 3 vitórias, 1 derrota e 1 No-contest em luta que venceu porém teve resultado alterado por uso proibido de um inalador durante o combate.



David Zawada finaliza Abubakar Nurmagomedov (Foto Reprodução: UFC)

Primo do campeão invicto do peso leve Kabib Nurmagomedov, Abubakar foi finalizado ainda no primeiro round por um triângulo extremamente justo e preciso por parte de David Zawada. O combate apesar de estar no card preliminar era um dos mais esperados da noite pela fama de Kabib e da família Nurmagomedov dentro do UFC. O campeão que estava no córner do primo empolgou a platéia mas não foi o suficiente para impedir a vitória do oponente. Um dos poucos combates que não foram para a decisão dos juízes.



Brasileiro Klidson Abreu desfere chute no adversário (Foto reprodução: UFC)

Klidson Abreu era o único brasileiro no evento após retirada de Junior Cigano do card e não decepcionou apesar da derrota. O combate foi extremamente equilibrado e foi decidido na decisão dividida dos juízes (29-28; 28-29; 29-28). Chamil Gamzatov seu adversário na luta respeitou bastante a trocação e potência do brasileiro mas se mostrou mais solto no combate do que Klidson Abreu e venceu 2 dos 3 rounds. Ao final do combate muitos se mostraram surpresos pela decisão dos juízes mas inegavelmente Chamil Gamzatov mereceu a vitória.



Magomed Ankalaev aplica nocaute cinematográfico em Moscou (Foto Reprodução: UFC)

O ponto alto do evento ficou na conta de Magomed Ankalaev que aplicou um dos nocautes mais plásticos do ano em Dalcha Lungiambula aos 29 segundos do terceiro round. O russo já vencia o combate com certa facilidade mas não se deixou acomodar e começou o terceiro round de forma bem agressiva acertando chute frontal que lembrou Anderson SIlva vs Vitor Belfort e nocauteou o adversário. Sem dúvidas, um presente para o público do UFC Moscou.


Confira outros resultados do UFC Moscou: (Fonte: Canal Combate)


CARD PRINCIPAL

Zabit Magomedsharipov venceu Calvin Kattar por decisão unânime (triplo 29-28) Alexander Volkov venceu Greg Hardy por decisão unânime (triplo 30-27) Danny Roberts venceu Zelim Imadaev por nocaute aos 4m54s do R2 Ed Herman venceu Khadis Ibragimov por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28) Anthony Rocco Martin venceu Ramazan Emeev por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28) Shamil Gamzatov venceu Klidson Abreu por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

CARD PRELIMINAR

Magomed Ankalaev venceu Dalcha Lungiambula por nocaute aos 29s do R3 Rustam Khabilov venceu Sergey Khandozhko por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28) Karl Roberson venceu Roman Kopylov por finalização aos 4m01s do R3 David Zawada venceu Abubakar Nurmagomedov por finalização aos 2m50s do R1 Roosevelt Roberts venceu Alexander Yakovlev por decisão unânime (triplo 29-28) Pannie Kianzad venceu Jessica-Rose Clark por decisão unânime (triplo 30-27) Davey Grant venceu Grigory Popov por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)



11 visualizações

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados