UFC: Cigano é nocauteado na luta principal por Curtis Blaydes

Junior Cigano e Rafael dos Anjos perdem seus combates e seguem em má fase no UFC enquanto Herbert Burns estréia no evento com um espetacular nocaute no primeiro round do combate.

Brasileiro foi nocauteado por Curtis Blaydes no segundo round (Foto Reprodução UFC)

UFC Raleigh aconteceu neste último sábado (25) com dois brasileiros veteranos no UFC estrelando as duas lutas principais do evento, Junior Cigano e Rafael dos Anjos.


O resultado não foi o esperado por ambos lutadores que saíram do octógono derrotados. Junior Cigano enfrentou o jovem Curtis Blaydes que demonstrou claramente uma superioridade física e durante o combate respeitou bastante o poder de nocaute do brasileiro, encurtando a distância para aplicar quedas com muita inteligência. O brasileiro procurava se manter afastado e ficou atento as tentativas de queda do adversário e focava em aplicar golpes contundentes ao invés de trabalhar jabs.


No Segundo round Curtis Blaydes acertou um direto poderoso no rosto do brasileiro que sentiu o golpe e recuou para a grade enquanto Blaydes aproveitava o momento de fragilidade para aplicar uma joelhada e derrubar o brasileiro. O ground pound continuou e o juiz do combate encerrou a luta.


Vitória de Curtis Blaydes por nocaute no segundo round. Impressionante!


Vitória de Michael Chiesa por decisão unânime dos juízes (Foto Reprodução MMA Mania)

Na segunda luta mais importante da noite, o brasileiro Rafael dos Anjos foi escalado para enfrentar um dos lutadores com maior potencial dentro da divisão, Michael Chiesa.


Conhecido por seu jogo de chão afiado, Rafael encontrou um oponente tão qualificado quanto ele neste último sábado. Michael Chiesa ainda é faixa azul em Jiu-jitsu porém possui um jogo muito técnico e vem superando seus adversários com seu grappling acima do nível e não foi diferente no combate entre os dois.


Michael Chiesa foi superior durante todo o combate e venceu por decisão unânime dos juízes e em sua entrevista após o combate desafiou Colby Covington para uma luta em maio.


Herbert Burns vence por nocaute em sua estréia no UFC (Foto Reprodução UFC)

A noite do UFC Raleigh não foi somente de derrotas para brasileiros. No primeiro combate da noite, o estreante no UFC Hebert Burns, irmão do também lutador do UFC Gilbert Burns impressionou o mundo do MMA com uma atuação impecável.


Oriundo do Jiu-Jitsu, Herbet Burns fez muito bem ao encurtar a distância logo no inicio do combate e aplicar uma queda no adversário. Rapidamente aplicou um estrangulamento (Darce Choke) extremamente justo no adversário que demorou cerca de dois minutos para escapar do golpe.


O combate reiniciou de pé para a surpresa de todos mas não durou muito. Herbet tratou de aplicar uma joelhada potente no adversário que caiu apagado forçando o árbitro a interromper o combate.


Grande estréia de Herbet Burns pelo UFC. Seu futuro na organização promete!


Confira resultados do UFC Raleigh:


Card Principal


Curtis Blaydes venceu Junior Cigano por nocaute técnico a 1m06s do 2º round; Michael Chiesa venceu Rafael dos Anjos por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28); Alex Perez venceu Jordan Espinosa por finalização (katagatame) aos 2m33s do 1º round; Angela Hill venceu Hannah Cifers por nocaute técnico aos 4m26s do 2º round; Jamahal Hill venceu Darko Stosic por decisão unânime (triplo 29-27);


Card Preliminar


Bevon Lewis venceu Dequan Townsend por decisão unânime (triplo 30-27); Arnold Allen venceu Nik Lentz por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27); Justine Kish venceu Lucie Pudilova por decisão unânime (triplo 30-27); Montell Jackson venceu Felipe Cabocão por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-25); Sara McMann venceu Lina Lansberg por decisão unânime (30-27, 30-26, 30-25); Brett Johns venceu Tony Gaverly por finalização (mata-leão) aos 2m53 do 3º round; Herbert Burns venceu Nate Landwehr por nocaute aos 2m43s do 1º round.


7 visualizações

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados