UFC: Alistair Overeem se recupera e vence Walt Harris por nocaute

UFC Flórida foi o terceiro evento em 7 dias e serviu como teste para futuros eventos da organização em relação aos protocolos de prevenção ao Covid-19. Alistair Overeem x Walt Harris, Cláudia Gadelha x Angela Hill e Edson Barboza x Dan Ige foram os destaques do evento.

Show de civilidade e compaixão por parte do vencedor Alistair Overeem (Foto Divulgação UFC)

No último sábado (16) aconteceu o terceiro evento do UFC em apenas sete dias e estes serviram de teste para a organização em relação aos protocolos de prevenção do Covid-19. O presidente do UFC Dana White falou em sua entrevista pós evento sobre o sucesso de cada um dos eventos e como estes serviram para demonstrar a patrocinadores, fãs e atletas que o MMA pode seguir em frente caso as medidas certas fossem respeitadas.


O único caso até o momento de um lutador contrair o vírus foi o do brasileiro Ronaldo "Jacaré" Souza que teve seu teste para o Covid-19 dando positivo e por isto foi afastado do UFC 249 juntamente com dois membros de sua equipe.


Dana White admitiu que o UFC deve dar uma parada de até 3 semanas para analisar se algum envolvido nestes eventos contraiu o vírus e comentou que durante este período irão se adaptar e trabalhar para que tais protocolos sejam aprimorados até o seu próximo evento. Uma aposta alta do chefão da organização visando um próximo evento em Las Vegas.


O UFC Flórida não teve um card tão estrelado quanto o UFC 249 mas contou com excelentes combates com a presença de brasileiros entre os destaques mas quem roubou a cena foi o veterano e lenda do esporte, Alistair Overeem.


Alistair Overeem x Walt Harris


Evento principal da noite de sábado foi o duelo pelo peso-pesado do UFC entre dois dos maiores atletas da categoria. Alistair Overeem vinha de derrota para Jairzinho Rozenstruik e precisava de uma vitória para retomar seu prestígio entre os melhores da categoria e enfrentou Walt Harris que estava a um tempo sem entrar no octógono devido a recente perda de sua filha.


O duelo começou como muitos esperavam, com dois atletas buscando a trocação franca e Walt Harris surpreendeu e aplicou um knockdown em seu oponente e por breve momento parecia que iria nocautear o experiente adversário mas Alistair Overeem utilizou de seu jogo de chão superior para se defender, fintar um chave de tornozelo e conseguir assim se levantar do chão. Ao final do primeiro round notava-se que a blitz de Harris foi eficiente causando sangramento no face de Overeem.


No segundo round os dois voltaram a buscar a trocação nos primeiros minutos e com a maior experiência, Alistair Overeem acertou um chute alto na cabeça que derrubou prontamente Walt Harris que não teve tempo de se recuperar e acabou sofrendo um ground pound poderoso por parte do holândes e aos 3 minutos do segundo round o juiz do combate interrompeu a luta consagrando Alistair Overem o vencedor.


Ao final do duelo pudemos presenciar um dos grandes momentos da noite envolvendo ambos atletas, com o vencedor consolando um claramente abatido adversário e demonstrando muita compaixão pela situação que Walt Harris ainda vive. Em sua entrevista pós luta, Harris emocionou falando sobre a perda de sua filha e seu luto que ainda é muito presente em sua rotina e prometeu que seguirá treinando e lutando em homenagem a ela.


Um grande momento para a história do UFC.


Cláudia Gadelha x Angela Hill

Claudia Gadelha venceu Angela Hill por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Este que foi o evento principal compartilhado da noite reuniu duas das melhores atletas da categoria e o resultado acabou se mostrando bastante polarizado entre os árbitros, mídia e fãs que assistiram.


A brasileira que venceu por decisão dividida dos árbitros teve uma excelente performance durante a noite mas enfrentou uma das mais perigosas atletas do MMA feminino e saiu com o rosto bastante inchado após o combate. Muitos alegam que este inchaço deixava claro que a brasileira havia perdido o combate mas os números do combate dizem o contrário.


Dana White falou na entrevista coletiva após o evento que também viu a vitória da brasileira mas que um duelo entre ambas pode ser remarcado tendo em vista o equilíbrio entre ambas. Uma grande performance de Cláudia Gadelha contra uma perigosíssima Angela Hill.


Confira os resultados do UFC Flórida: (Fonte UFC)


CARD PRINCIPAL

Alistair Overeem venceu Walt Harris por nocaute técnico aos 3m do 2º round;

Claudia Gadelha venceu Angela Hill por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);

Dan Ige venceu Edson Barboza por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);

Krzysztof Jotko venceu Eryk Anders por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28);

Song Yadong venceu Marlon Vera por decisão unânime (triplo 29-28);


CARD PRELIMINAR

Miguel Baeza venceu Matt Brown por nocaute aos 18s do 2º round;

Kevin Holland venceu Anthony Hernandez por nocaute técnico aos 39s do 1º round;

Giga Chikadze venceu Irwin Rivera por decisão unânime (30-26, 30-27, 30-27);

Nate Landwehr venceu Darren Elkins por decisão unânime (29-28, 30-27, 30-27);

Cortney Casey venceu Mara Romero Borella por finalização (chave de braço) aos 3m36s do 1º

round;

Rodrigo "Zé Colmeia" venceu Don'Tale Mayes por finalização (mata-leão) aos 2m05s do 2º round.


8 visualizações

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados