UFC 252: Cormier se aposenta, Cigano e Burns sofrem derrota e brasileiras voltam a vencer

Daniel Cormier anunciou aposentadoria do MMA após derrota para Stipe Miocic. Junior Cigano e Herbert Burns sofrem derrotas enquanto Virna Jandiroba e Livinha Souza superam adversárias e vencem no histórico UFC 252.

Stipe Miocic supera Daniel Cormier, vence por unanimidade e mantém seu cinturão (Foto UFC)

Aconteceu no centro de treinamento APEX em Las Vegas na noite do dia 15 o histórico UFC 252, um dos melhores cards principais do ano com direito a disputa de cinturão pelo peso-pesado do UFC e a presença de quatro brasileiros dentre eles o ex-campeão Junior Cigano.


O duelo em questão se tratava da luta final de uma das maiores trilogias do mundo do MMA com cinturão peso-pesado em jogo e a provável aposentadoria de um dos maiores da história.


Stipe Miocic era o atual campeão da divisão e possui recordes nunca antes vistos entre pesos-pesados no UFC e buscava ampliar estes números contra Daniel Cormier que já o venceu anteriormente e que anunciou que esta seria sua última luta da carreira.


O duelo ao contrário do que muitos esperavam não terminou em nocaute como foi das últimas duas vezes que se encontraram, com 1 vitória para cada lado. O vencedor foi determinado somente após 25 minutos e 5 rounds encerrando assim uma das maiores rivalidades que o UFC já viu.


Stipe Miocic venceu por unanimidade dos três juízes do combate e manteve seu cinturão que deve ser colocado a prova ainda em 2020 contra Francis Ngannou.


Daniel Cormier anunciou após derrota que realmente vai se aposentar do MMA aos 41 anos de idade. O atleta encerra sua carreira para entrar no seleto grupo dos melhores atletas da história. Cormier foi campeão peso-pesado do StrikeForce, medalhista olímpico de wresteling e campeão de duas divisões do UFC ao mesmo tempo (Peso meio-pesado e Peso-pesado).


Sem dúvidas, um dos maiores atletas que o mundo da luta já viu!


Junior Cigano x Jairzinho Rozenstruik

Peso-pesado do Suriname nocauteou o brasileiro no segundo round do combate (Foto UFC)

Outro duelo muito esperado pelo peso-pesado do UFC foi o encontro entre dois dos mais perigosos trocadores da categoria, Junior Cigano e Jairzinho Rozenstruik e o duelo terminou como a grande maioria esperava, um nocaute arrasador.


Junior Cigano desenvolveu muito bem sua distancia durante o primeiro round mas não conseguiu evitar a mão extremamente pesada de Jairzinho no segundo round e acabou sofrendo um nocaute técnico.


Não sabemos ao certo o que o futuro reserva para o brasileiro que vem acumulando derrotas em seus últimos combates mas para Jairzinho, uma disputa de cinturão pode ser o caminho tendo em vista que o próximo duelo de Stipe já esta definido.


Herbert Burns x Daniel Pineda

Daniel Pineda venceu de forma impressionante o brasileiro Herbert Burns (Foto UFC)

Após seis anos sem lutar pelo UFC, Daniel Pineda retornou ao octógono mais famoso do planeta e venceu por nocaute técnico a sensação brasileira Herbert Burns após um ground pound poderoso.


Esta foi a primeira derrota de Burns na organização colocando assim um freio na meteórica ascensão dele no UFC.


Virna Jandiroba x Felice Herrig

Virna Jandiroba utiliza de seu jiu-jitsu para atropelar adversária no primeiro round (Foto UFC)

A brasileira Virna Jandiroba conquistou sua segunda vitória no UFC após atropelar a norte-americana Felice Herrig utilizando de sua principal arma, o jiu-jitsu.


Virna não tomou conhecimento da adversária e a finalizou com uma chave de braço aos 1m44s de combate.


Livinha Souza x Ashley Yoder

Brasileira Livinha Souza voltou a vencer pelo UFC (Foto UFC)

Outra brasileira que venceu na noite de sábado foi Livinha Souza que vinha de derrota em sua última luta pela organização. Livinha venceu por unanimidade na decisão dos juízes do combate e agora possui um cartel de 3 vitórias e 1 derrota no UFC.


Confira os resultados do UFC 252:


CARD PRINCIPAL

Stipe Miocic venceu Daniel Cormier na decisão unânime dos juízes; Marlon Vera venceu Sean O'Malley por nocaute técnico no 1° round; Jairzinho Rozenstruik venceu Júnior Cigano por nocaute técnico aos 3m47s do 2º round; Daniel Pineda venceu Herbert Burns por nocaute técnico aos 4m37s do 2º round. Merab Dvalishvili venceu John Dodson por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27).


CARD PRELIMINAR

Vinc Pichel venceu Jim Miller por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-27); Virna Jandiroba venceu Felice Herrig por finalização (chave de braço) a 1m44s do 1º round; Danny Chavez venceu TJ Brown por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28); Livinha Souza venceu Ashley Yoder por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27); Chris Daukaus venceu Parker Porter por nocaute técnico aos 4m28s do 1º round; Kai Kamaka venceu Tony Kelley por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28).


2 visualizações

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados