Petrovic convoca Brasil para duelos contra o Uruguai

Com dois atletas de 17 anos, seleção brasileira masculina de basquete vai disputar duas partidas contra o Uruguai, válidas pelas eliminatórias da AmeriCup 2021

Foto: CBB


O técnico Aleksandar Petrovic convocou a seleção brasileira masculina de basqute com 14 jogadores para as duas partidas diante do Uruguai, em fevereiro, nos dias 21 e 24, pelas eliminatórias do torneio que acontece no próximo ano.


Entre as novidades estão nomes como Georginho, do São Paulo, Cauê Borges, do Botafogo, e Dikembe, do Paulistano. Com experiência em Mundial pela Seleção, mas nem por isso menos jovens, Didi e Yago também estão na lista. A partida do dia 21 será no Brasil, em São José dos Pinhais, Paraná, no Ginásio Max Rosenmann.

A lista também dá oportunidade para dois jogadores ainda mais jovens. Campeões Sul-Americanos sub-17 com o Brasil no ano passado, no Chile, o ala/pivô Márcio Henrique, de Franca, e o ala/armador Gui Santos, do Minas, estão na lista de Petrovic. Rafael Luz, que também jogou o Mundial, é um dos mais experientes da lista.


Para esta convocatória, Petrovic optou por dar descanso a base que jogou o Campeonato Mundial na China, dando rodagem para jovens que podem aparecer também nas próximas convocatórias, quando o Brasil terá força máxima.

"Estamos sem jogadores que entrarão na lista do Pré-Olímpico. Exceto Rafa Luz e Didi, os outros atuam no Brasil. São jogadores que podem estar com a seleção nos próximos anos, e é natural que Didi e Rafa Luz estejam. Scott Machado está jogando muito bem na Austrália, é um nome, mas essa janela é perfeita para observar com mais tempo Yago, Rafa Luz e Georginho. Tenho na cabeça situações que podem beneficiar o basquete do Brasil para o futuro. Em maio, vou chamar os veteranos, que já estou em contato, para planificar o Pré-Olímpico. São duas coisas distintas, mas confio muito nessa equipe, que pode perfeitamente jogar em um alto nível", explica Petrovic.


A lista também conta com três atletas que foram os últimos cortes antes do Mundial da China: Rafael Hettsheimeir, Jhonatan Luz e Lucas Dias. Para Petrovic, é uma chance de mostrar que merecem estar na convocação de maio, para o Pré-Olímpico Mundial. Ele também falou das chegadas de Du Sommer e Cauê Borges, além dos jovens Gui Santos e Márcio Henrique.

"Temos três jogadores que foram cortados antes do Mundial, Lucas Dias, Jhonatan e Hettsheimeir. Eles têm a chance de mostrar que merecem um posto para o Pré-Olímpico. Temos jogadores que estou contente de chamar, como Cauê Borges e Du Sommer, que estão fazendo grande trabalho, ganhando a Liga Sul-Americana. E também dois jogadores com 17 anos, Gui Santos e Márcio Henrique, que já, pouco a pouco, podem entrar nesse ambiente de seleção. São os melhores jogadores do sub-17 e tem qualidades que no futuro podem estar presentes no Brasil. Muitos vão perguntar do Léo Meindl. Ele teve sua oportunidade em janelas anteriores, e agora quero testar outros atletas", citou o treinador.


O Brasil se apresenta no dia 16 de fevereiro, em São José dos Pinhais, onde fará os treinamentos. O jogo do dia 21 diante do Uruguai ainda não tem o horário confirmado. A informação sobre ingressos será dada na segunda quinzena de janeiro. A seleção viaja no dia 22 de fevereiro para o Uruguai, e encara os rivais no dia 24, em Montevidéu.


As eliminatórias da Copa América dividem 12 seleções em quatro grupos com quatro países em cada um. Os três melhores avançam para o torneio. O Brasil está no Grupo B com Paraguai, Uruguai e Panamá. Além dos jogos em fevereiro, o time volta a jogar em novembro, no país, diante de Panamá e Paraguai. E duela fora de casa em fevereiro de 2021 contra os mesmos rivais. A Copa América é classificatória para o Pan de Santiago, no Chile, em 2023.


0 visualização

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados