Na estreia da natação e do atletismo, Time Brasil conquista dez medalhas

Quatro destas medalhas foram de ouro

Jonne Roriz/COB

A terça-feira, dia 6, ficou marcada não apenas pela estreia das disputas da natação e do atletismo nos Jogos Pan-americanos Lima 2019, mas também pelas dez medalhas, quatro delas de ouro, conquistadas pelo Time Brasil na competição. O dia começou com as medalhas do atletismo, na dobradinha do lançamento do disco feminino, e depois nos 5000m masculinos. 

Logo depois, foi a vez da chuva de medalhas na natação. Conquistamos três de ouro, com  João Gomes Júnior (100m peito), Leo de Deus (200m borboleta) e o revezamento 4x100m livre masculino. Tivemos ainda duas pratas, com Fernando Scheffer (400m livre) e o revezamento 4x100m livre feminino, e uma medalha de bronze com Luiz Altamir Melo (400m livre).


Para fechar as medalhas do dia, Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi sagraram-se campeões nas duplas masculinas do tênis de mesa.


Mas não foi apenas pelas medalhas que o Time Brasil se destacou nesta terça-feira. No hipismo saltos, a equipe fechou a fase de classificação na vice-liderança e bem próxima da vaga para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Além disso, na vela estamos liderando em três classes e seguimos na zona de medalhas em nove delas.  


Esgrima

Nas provas individuais do florete masculino, Heitor Shimbo e Guilherme Toldo avançaram da fase de grupos, mas foram derrotados nas oitavas e ficaram fora da disputa por medalhas. Shimbo venceu o argentino Nicolas Marino por 5 a 1, o mexicano Raul Vaca por 5 a 1 e o colombiano Dimitri Roa por 2 a 1; mas perdeu para o americano Gerek Mainhardt por 5 a 2 e para o canadense Maximilien Van Haaster por 5 a 1. Nas oitavas, caiu para o argentino Augusto Servello por 15 a 7. Já Toldo, na fase de grupos, passou por Diego Cervantes López, do México, por 5 a 2; Sebastian Flores, de Porto Rico, por 5 a 1; e Márcio Gutierrez, do Peru, por 5 a 1; mas foi derrotado por Daniel Sconzo, da Colômbia, por 5 a 1; e por Eli Schenkel, do Canadá, por 5 a 2. Nas oitavas, num confronto muito equilibrado, acabou sendo superado pelo chileno Gustavo Sirriya por 15 a 12, que acabou com a medalha de prata.


Polo Aquático

A seleção feminina de polo venceu Porto Rico por 12 a 9 e avançou às quartas de final em Lima. Na quinta, dia 8, o Brasil encara o México por uma vaga nas semifinais. Entre os homens, mais uma vitória também. O Brasil derrotou a Argentina por 12 a 7 e nas quartas de final vai enfrentar Porto Rico.


Remo

No Skiff Duplo, o Brasil conseguiu a vaga na Final A, com Uncas Batista e Luca Verthein, no masculino, e também avançou à final no feminino, com Yanka Vieira e Luana Azevedo. No 4 sem, o Brasil se classificou em primeiro para a final, com o tempo de 6m07s96. 

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados