MMA: Masvidal domina Diaz em noite de revés para brasileiros

Jorge Masvidal domina seu oponente Nick Diaz e conquista o cinturão "BMF" após interrupção médica; Brasileiros Jennifer Maia e Vicente Luque perdem por pontos em noite de primeira derrota para o fenômeno Johnny Walker no UFC 244.


Ator Dwayne "The Rock" Johnson entrega cinturão para o vencedor Jorge Masvidal (Foto Reprodução / UFC)

O UFC 244 sediado no icônico Madison Square Garden em Nova york foi um evento especial para a organização que completou 500 eventos promovidos e contou com um dos melhores card's do ano, porém algo especial também estava em jogo: o cinturão de "Cara mais Durão" e/ou "Cara mais casca grossa" do UFC.


A expectativa pelo combate entre Jorge Masvidal e Nick Diaz não poderia ser maior. De um lado, o responsável pelo nocaute mais rápido da história do UFC (Masvidal) em apenas 5 segundos contra Ben Askren, no outro a lenda Nick Diaz que retornou este ano ao octógono após longa pausa na carreira.


Masvidal parecia bem a vontade no combate frustrando os clinch's de Diaz. Conseguiu com uma bela combinação de golpes abrir um corte bem profundo no rosto do oponente, o que ocasionou na interrupção por parte da equipe médica para preservar a integridade física do lutador.


Mesmo com a interrupção do combate, todos parecem sair deste evento contentes com o que foi apresentado. Para Masvidal, inevitavelmente virá uma disputa de cinturão com o vencedor do duelo entre Kamaru Usman e Colby Covington. Já para Nick Diaz o futuro é incerto. O próprio lutador pediu por uma revanche pelo cinturão porém Dana White descartou essa possibilidade na entrevista após evento. Talvez um duelo com Connor Mcgregor seja a solução.


Brasileiros sofrem revés em todas as lutas do evento


Corey Anderson provoca Johnny Walker após vencer combate no 1° round (Foto Reprodução / UFC)

Johnny Walker perdeu sua primeira luta no UFC ainda no 1° round após uma blitz do americano que ocasionou na interrupção por parte do árbitro. O combate que poderia credenciar o próximo desafiante ao título dos meio pesados terminou de maneira rápida e explosiva pois o americano frustrado com atitudes do brasileiro antes da luta partiu para cima do oponente e teve palavras duras ditas na entrevista ainda no octógono alegando que se não receber uma oportunidade de luta pelo título, abandonaria a organização. Dana White foi rápido ao responder ao lutador e já anunciou que o próximo desafiante de Jon Jones será Dominick Reyes que nocauteou Weidman em sua última luta. Resta aguardar como Corey vai reagir em relação ao anúncio. Vale ressaltar que o lutador já se desculpou pelo comportamento após a luta. Johnny Walker pretende retornar ao UFC ainda em 2019 mas isso é pouco provável.


Vicente Luque perdeu por decisão unânime dos juízes em uma verdadeira guerra travada contra o americano Stephen Thompson que dominou o combate, principalmente no terceiro round onde marcou muitos pontos derrubando o brasileiro com golpes contundentes. Em certo momento até desistiu de terminar a luta no chão dando espaço para Vicente Luque levantar. Ao final do combate ambos lutadores se respeitaram, porém ficou clara a vitória por parte de "WonderBoy".


Katlyn Chookagian venceu com autoridade duelo em pé contra a brasileira Jennifer Maia (Foto Reprodução Fansided)

Jennifer Maia também sofreu derrota por decisão unânime para Katlyn Chookagian que deve receber uma chance de disputar o cinturão dos pesos moscas feminino contra Valentina Shevchenko. A americana utilizou de sua maior envergadura para manter a brasileira afastada com seus jabs e diretos e venceu os dois primeiros rounds com certa tranquilidade. Jennifer Maia não encontrava oportunidades de encurtar a distância e levar o combate para o chão. Apenas no terceiro round a brasileira conseguiu uma queda significativa porém restavam pouco menos de dois minutos para o final da luta e Jennifer não aproveitou a oportunidade pra golpear ou finalizar a adversária, ao invés disto optou por controlar a posição superior e aguardar o final do combate. Não foi o suficiente para convencer os juízes que marcaram 29-28 para a vencedora.


Confira o resultado dos outros combates do UFC 244: (Fonte: Canal Combate)


CARD PRINCIPAL

Jorge Masvidal venceu Nate Diaz por nocaute técnico (interrupção médica) aos 5m do R3 Darren Till venceu Kelvin Gastelum por decisão dividida (27-30, 29-28 e 30-27) Stephen Thompson venceu Vicente Luque por decisão unânime (30-26, 30-26 e 29-27) Derrick Lewis venceu Blagoy Ivanov por decisão dividida (30-27, 28-29 e 29-28) Kevin Lee venceu Gregor Gillespie por nocaute aos 2m47s do R1

CARD PRELIMINAR

Corey Anderson venceu Johnny Walker por nocaute técnico aos 2m07s do R1 Shane Burgos venceu Makwan Amirkhani por nocaute técnico aos 4m32s do R3 Edmen Shahbazyan venceu Brad Tavares por nocaute aos 2m27s do R1 Jairzinho Rozenstruik venceu Andrei Arlovski por nocaute aos 29s do R1 Katlyn Chookagian venceu Jennifer Maia por decisão unânime (triplo 29-28) Lyman Good venceu Chance Rencountre por nocaute aos 2m03s do R3 Hakeem Dawodu venceu Julio Arce por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

5 visualizações

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados