Judô: Brasileiros conquistam quatro medalhas antes do Grand Slam de Paris

Beatriz Souza (Ouro) e Larissa Pimenta (Bronze) conquistam medalhas no aberto de Odivelas. Seleção masculina repete resultado das mulheres e Phelipe Pelim (Ouro) e Allan Kuwabara (Bronze) também faturam medalhas em Sófia. Grand Slam de Paris acontece dia 8 e 9 de Fevereiro.

Beatriz Souza brilhou e venceu suas quatro lutas por Ippon (Foto Reprodução CBJ)

A seleção brasileira de Judô aproveitou o último final de semana para se preparar para o primeiro Grand Slam do ano que acontece em Paris nos dias 8 e 9 de fevereiro com a equipe masculina indo disputar o Aberto de Sófia e a feminina disputando o Aberto de Odivelas em Portugal e o resultado agradou novamente com a conquista de duas medalhas de ouro e duas medalhas de bronze por parte dos brasileiros.


Mesmo com a baixa distribuição de pontos para o ranking mundial, os abertos em terras europeias serviram de preparação para os atletas brasileiros que buscam medalhas em Paris.


No sábado foi a vez da equipe masculina brilhar no evento e conseguir uma dobradinha com a medalha de ouro por parte de Phelipe Pelim na categoria 60kg e o bronze de Allan Kuwabara na mesma categoria.


Phelipe dominou seus adversários nas preliminares e venceu suas quatro lutas até a final por Ippon. Na decisão, aplicou um Waza-ari no golden score (Primeiro a pontuar vence) e conquistou sua medalha de ouro em sua primeira competição do ano. Allan Kuwabara que venceu o Grand Slam de Brasília em 2019 foi derrotado nas quartas de final para Azeri Oruj Valizada, adversário de Pelim na final. Na repescagem conquistou o direito de disputa do bronze e venceu por um waza-ari o francês Revol.


Ainda no sábado (01) tivemos a conquista da medalha de bronze por parte de Larissa Pimenta em duelo equilibrado com a também brasileira Sarah Menezes na categoria 52kg. Após quatro minutos de combate o placar apontava dois shidos para cada atleta mas no tempo extra, Larrisa aplicou um waza-ari e faturou sua medalha.


No domingo (02) houve a conclusão do Aberto de Odivelas e a brasileira Beatriz Souza dominou as adversárias e após quatro vitórias por ippon, faturou o lugar mais alto no pódio na categoria +78kg. Com os 100 pontos distribuídos para o ranking mundial a brasileira ocupa atualmente o 7° lugar em sua categoria e chega em grande fase no Grand Slam de Paris que distribuirá até 1.000 pontos no ranking.


Vale ressaltar que o ranking mundial classifica os atletas para os próximos Jogos Olímpicos que acontecem em Tóquio no Japão neste segundo semestre de 2020.


Grande oportunidade para os atletas brasileiros que buscam uma vaga para representar seu país nos próximos jogos olímpicos.

11 visualizações

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados