Judô: Brasil conquista dois bronzes no Grand Slam de Paris

Beatriz Souza (+78kg) e Larissa Pimenta (52kg) conquistaram medalhas de bronze no primeiro Grand Slam do ano. Rafael Silva (+100kg) e Sarah Menezes (52kg) ficam com o quinto lugar e pontuam no ranking mundial.

Beatriz Souza confirma boa fase após ouro em Odivelas e fica com o bronze em Paris (Foto Rafal Burza)

No último final de semana ocorreu em Paris (França) o primeiro Grand Slam do ano olímpico distribuindo até 1.000 pontos no ranking mundial que classifica para os jogos em Tóquio, Japão.


A Seleção Brasileira de Judô encerrou sua participação neste tradicional torneio com duas medalhas de bronze e dois quinto lugares após período de treinamento na Europa e disputa dos Abertos de Odivelas (Portugal) e Sófia (Bulgária).


A equipe masculina obteve um fraco desempenho em Paris após derrota na primeira luta de David Moura (+100kg), Leandro guilheiro (81kg) e Guilherme Shmidit (81kg). Coube a Rafael Silva, também conhecido como Baby representar o Judô masculino.


Após três vitórias nas preliminares o brasileiro foi derrotado na semi-final pela sensação do torneio Kakoro Kageura de apenas 24 anos que havia derrotado a lenda Teddy Rinner na luta anterior. Na disputa do bronze voltou a ser derrotado, agora pelo cubano Andy Granda e encerrou a participação com o quinto lugar.


Larissa Pimenta (Branco) vence Sarah Menezes (Azul) e conquista o bronze na categoria 52kg (Foto Reprodução IJF)

Já em relação a equipe feminina o saldo foi mais positivo após a conquista da medalha de bronze por parte de Beatriz Souza (+78kg). Esta foi a primeira medalha no Grand Slam de Paris para a atleta que já havia conquistado medalhas em outros tradicionais Grand Slams como Abu Dhabi, Brasília, Ecaterimburgo e Osaka.


Brasileira segue em ótima fase após a conquista do ouro no Aberto de Odivelas na semana anterior a Paris e segue em 7° colocada no ranking mundial.


Na categoria (52kg) tivemos uma reedição da disputa pelo bronze em Odivelas onde duas brasileiras disputaram a medalha mas desta vez no Grand Slam de Paris. Larissa Pimenta que já havia vencido a também brasileira Sarah Menezes em Odivelas voltou a repetir o feito no sábado (08) e levou o bronze novamente após um waza-ari no tempo extra.


A Seleção Brasileira deve seguir na Europa para treinamentos visando os Abertos de Bratislávia e Oberwart e também o próximo Grand Slam em Dusseldorf.



5 visualizações

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados