João Pessoa recebe 30ª etapa da história e paraibanos buscam repetir título

A capital paraibana é o palco mais tradicional do Circuito Brasileiro Open, que neste ano acontece de 22 a 26 de janeiro

Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV


A cidade mais tradicional do vôlei de praia brasileiro está de volta. João Pessoa (PB) será pela 30ª vez na história uma das paradas do Circuito Brasileiro Open e se mantém como única cidade a ter participado de todas as temporadas do tour nacional. A competição acontece na próxima semana, entre os dias 22 a 26 de janeiro, com entrada franca à torcida na arena montada na Praia do Cabo Branco, altura da Avenida Monsenhor Odilon Coutinho. Será a quarta de sete paradas da temporada 2019/2020.


E na trigésima edição de sua história, João Pessoa contará com diversos atletas da casa, alguns que buscam subir mais uma vez ao lugar mais alto do pódio. Campeão na temporada 16/17 jogando com Thiago (SC), George quer novamente levar o ouro dentro do seu estado. Agora ao lado de André Stein (ES), com quem atua desde março do ano passado, o paraibano usará pela primeira vez a regata dourada, que indica a dupla número 1 do ranking.


“Será a primeira vez que vou atuar com a camiseta dourada de líder do ranking de entradas, estou feliz, é algo que todos almejam, ainda mais jogando em casa. André e eu estamos atuando bem e fazendo finais nesta temporada, mantendo uma evolução, focados. Quero muito vencer novamente em casa, minha família toda vai assistir, estamos também na disputa para sermos campeões brasileiros e um resultado bom é importante para isso. Estou ansioso para estar logo em quadra e espero que dê tudo certo”, destacou.


A etapa possui cinco atletas paraibanos já garantidos na fase de grupos pelo ranking: Andressa, George, Jô, Vitor Felipe e Thati. Mas além deles, outros atletas locais disputarão o classificatório onde oito vagas em cada naipe serão definidas. Andressa, campeã mundial Sub-19, irá estrear na etapa sua nova parceria com a campeã mundial Sub-21 Vitória (RJ). Motivo de empolgação para que o jovem time comece bem a nova caminhada.


“Jogar aqui em João Pessoa, no nosso ‘quintal’, com certeza é muito empolgante. É uma etapa que já possui tradição na cidade, que recebe amantes do vôlei de vários locais para acompanhar o circuito. Deixa a competição mais prazerosa ainda. Estou muito animada para voltar a jogar depois das festas de final de ano. A preparação está intensa. Vitória se destacou bastante nos campeonatos de base, é jovem como eu, com certeza vamos formar um bom time e estamos felizes com essa nova parceria”, analisou.


O Circuito Brasileiro conta com 24 duplas em cada gênero, sendo que as 16 equipes mais bem colocadas no ranking de entradas já entram direto na fase de grupos, a partir de quinta-feira (feminino) e sexta-feira (masculino). Os outros oito times em cada naipe são definidos no classificatório, um dia antes, com a disputa de partidas eliminatórias em uma fase 'pré-torneio'.

As 24 equipes classificadas são divididas em seis grupos de quatro e jogam entre si, com os dois melhores times de cada grupo e os quatro melhores terceiros colocados avançando às oitavas de final. A competição segue no formato eliminatório tradicional, com quartas de final, semifinais e disputas de bronze e ouro.


O Circuito Brasileiro 19/20 conta com sete etapas, três realizadas no segundo semestre de 2019, e quatro que acontecem neste primeiro semestre de 2020. A estreia do tour aconteceu em Vila Velha (ES), em setembro, com ouro para Ágatha/Duda (PR/SE) e André Stein/George (ES/PB). Em Cuiabá, no mês de outubro, os títulos ficaram com Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e Alison/Álvaro Filho (ES/PB). Ribeirão Preto (SP) sediou a etapa de novembro, com ouro para Talita/Taiana (AL/CE) e Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF).


Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. A competição distribui R$ 46 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos mais de R$ 500 mil por etapa.

0 visualização

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados