Jiu-Jitsu: Gordon Ryan, Gustavo Batista e Irmãos Ruotolo vencem pelo WNO e 3CG Kumitê

Grande fim de semana para a equipe Atos com as vitórias dos irmãos Ruotolo e o título de Gustavo Batista. Gordon Ryan retorna as competições e vence Kyle Boehm com relativa facilidade.

Gordon Ryan finaliza Kyle Boehm em combate sem limite de tempo (Foto Divulgação Fight 2 Win/WNO)

Ao que parece as competições de Jiu-Jitsu com lutas casadas retornaram de vez. Após alguns eventos do Fight 2 Win e Submission Underground serem bem sucedidos, chegou a vez da 3rd Coast Grappling e do Who's Number One da Flograppling também retornarem com dois grandes eventos neste último fim de semana.


Os destaques ficam por parte da atuação magistral de Gordon Ryan em combate sem limite de tempo, as vitórias dos jovens Kade e Tye Ruotolo e o título conquistado por Gustavo Batista em um torneio de oito atletas no estilo Kumitê.


Who's Number One

Gordon Ryan é o atual campeão do ADCC na categoria -99 kg e no Absoluto (Foto Divulgação Fight 2 Win/WNO)

Sexta-feira (05) aconteceu o Who's Number One da Flograppling com o retorno do maior atleta do Jiu-Jitsu No-Gi (Sem Quimono) na atualidade, Gordon Ryan enfrentando o perigoso faixa preta da 10th Planet Jiu-Jitsu Kyle Boehm em uma partida sem limite de tempo ou pontuação onde o vencedor seria determinado apenas pelo critério de finalização.


Trata-se de um molde de competição pouco utilizado no mundo do Jiu-jitsu porém se mostra extremamente eficiente ao determinar de fato quem é o melhor atleta, não apenas o melhor competidor como em regras contabilizando pontos e vantagens.


Gordon Ryan (3x Campeão do ADCC) retornou aos holofotes no formato que mais gosta de competir e enfrentou Kyle Boehm da equipe de Eddie Bravo no evento principal.


O combate começou de maneira bem lenta com ambos atletas trocando esgrimas porém Gordon Ryan era quem buscava as tentativas de queda e após algumas entradas frustradas Gordon sentou no chão para fazer guarda e assim incentivar o adversário a tomar a iniciativa porém Kyle Boehm parecia mais preocupado em praticar um jogo mais defensivo, foi então que o atual campeão do ADCC decidiu tomar a iniciativa de vez e raspou o oponente para em seguida iniciar seu forte jogo de passagem de guarda.


Foi então que Kyle Boehm se tornou mais ativo e procurou trabalhar entradas de chave de tornozelo. Na primeira tentativa Gordon Ryan que é um especialista neste quesito foi rápido ao defender sua perna e contra-atacar a de Kyle Boehm porém o golpe acabou escapando.


Na segunda tentativa, Gordon escolheu outra alternativa de contra-golpe e buscou uma ida para as costas que acabou resultando em uma chave de braço com um triângulo muito bem encaixado restando apenas um ajuste para finalizar o combate e ser declarado o vencedor.


Mais uma grande atuação por parte do atleta de John Danaher que parece neste momento, imbatível.


Tye e Kade Ruotolo vencem!

Tye Ruotolo tem grande atuação e vence Nicky Ryan na decisão dos juízes (Foto Divulgação Fight 2 Win/WNO)

Ainda pelo Who's Number One, os irmãos Ruotolo da equipe Atos de André Galvão enfrentaram respectivamente o irmão mais novo de Gordon Ryan, Nicky Ryan e Ethan Crelenstein que também são membros da equipe de John Danaher.


Kade Ruotolo venceu Ethan Crelenstein na decisão dos juízes após 20 minutos de combate. Ethan conseguiu mais posições de vantagem como passagem de guarda e montada mas devido as tentativas de finalização por parte de Kade, os juízes deram a vitória para o jovem atleta.


No outro confronto, Tye Ruotolo também saiu vencedor após 20 minutos de combate porém a atuação do vencedor não deixou espaço para dúvidas sobre quem venceu a partida.


Tye Ruotolo se mostrou mais forte e experiente do que Nicky Ryan e conseguiu quatro passagens de guarda e mesmo sem obter uma finalização sobre o adversário, se consagrou vencedor do duelo. Após o combate manifestou o desejo de enfrentar Garry Tonnon, medalhista de bronze no último ADCC na categoria -77 kg.


3rd Coast Grappling - Kumitê

André Galvão e Gustavo Batista após conquista do título do 3CG Kumite (Foto Divulgação 3CG/@galvaobjj)

No sábado (06) foi a vez do 3CG retomar suas atividades com a realização de um torneio de oito atletas no melhor estilo Kumitê mas ao contrário do WNO, o torneio envolvia o Jiu-jitsu com quimono e gratificaria o vencedor no valor de $10.000 dólares em combates contando pontos.


Grandes nomes como Pedro Marinho, William Tacket e Roberto Jimenez estavam entre os competidores da noite mas coube a Gustavo Batista da equipe Atos faturar a bolada ao se consagrar campeão do torneio.


Gustavo Batista enfrentou o perigoso Roberto Jimenez na final após ambos vencerem seus outros dois duelos da noite. O combate começou de maneira explosiva e Roberto Jimenez fez o que dele se espera trabalhando a guarda fechada e buscando raspagens ou finalizações porém Gustavo Batista demonstrou muita calma para se manter por cima e buscar a passagem de guarda no momento certo e terminou por obter a montada em Jimenez.


Ao final do tempo regulamentar o atleta da Atos somava 7 pontos no placar e como prevê a regra, ambos disputaram um tempo extra de cinco minutos onde o critério de vitoria vêm no caso do atleta a frente do placar pontuar novamente e foi exatamente o que aconteceu.


Gustavo Batista novamente efetuou uma passagem de guarda muito justa, somou mais três pontos e se consagrou vencedor do torneio.


Fim de semana invicto para os atletas da Atos de André Galvão!



12 visualizações

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados