IMEL é a melhor equipe no Brasileiro de Canoagem Slalom em Foz do Iguaçu

A associação prata da casa fez o maior número de pontos no campeonato. Ana Sátila, Pedro Gonçalves e Felipe Borges conseguem manter o favoritismo e no Extremo Fábio Rodrigues levou a medalha de ouro

Foto: Fábio Canhete - Canoagem Brasileira


Com 1575 pontos, o Instituto Meninos do Lago (IMEL) mais uma vez é a associação que mais pontuou no Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom. O evento, realizado no Canal Itaipu, terminou neste domingo (06) e contou com a presença de aproximadamente 100 atletas.


Ana Sátila garantiu garantiu a medalha de ouro tanto no K1 quanto no C1, Felipe Borges também levou a melhor na canoa, já Pedro Gonçalves foi imbatível no caiaque masculino. Na Canoagem Slalom Extremo, Fábio Rodrigues levou a melhor.


Na prova do K1 Feminino, Ana Sátila levou a melhor, concluindo o percurso em 96.35 segundos.

Pela final do C1 Feminino, Sátila teve três toques na sua descida final e mesmo assim conseguiu ser a mais rápida na água fechando com o tempo de 122.14s. “Essa é a 11º vez que eu sou campeã no K1 e 7º vez no C1, agradeço a todos que me apoiam e torcem por mim”, disse Sátila.


Pedro Gonçalves venceu com facilidade o K1 Masculino, o atleta da APEN concluiu a descida pelas 23 balizas sem toques em 87.55s. Guilherme Rodrigues (IMEL) finalizou o percurso em 92.12s e a terceira colocação quem garantiu foi Murilo Sorgetz da ASTECA – Associação Trêscoroense de Canoagem – Três Coroas/RS com o tempo de 98.66s. “Mais difícil de chegar no topo é se manter, e eu hoje consegui meu décimo título brasileiro, já são dez anos ganhando o titulo nacional”, comentou.


No C1 Masculino, Felipe Borges (IMEL) foi o campeão. O canoísta terminou o percurso em 95.74s sem ter nenhum toque. Charles Corrêa (APEN) ficou em segundo lugar (97.85) e Leonardo Curcel (IMEL) em terceiro.

0 visualização

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados