Espanha derrota Argentina e é bicampeã do Mundial de Basquete

Equipe não deu chances para os argentinos na finalíssima do torneio disputado na China


Reprodução/Reuters

Na manhã deste domingo (15), a Espanha sagrou-se bicampeã mundial de basquete ao derrotar a seleção da Argentina por 95 a 75 na final. O grande destaque da partida foi o armador Ricky Rubio, com 20 pontos, sete rebotes e três assistências. De quebra, o atleta do Phoenix Suns foi eleito o MVP da competição disputada na China e escolhido para o quinteto ideal do torneio.


Os espanhóis dominaram as ações e conseguiram anular o principal jogador argentino no torneio, o veterano ala-pivô Luis Scola. Além de Rubio, os principais destaques dos campeões foram Sergio Lull, com 15 pontos e duas assistências, e Rudy Fernandez, que anotou um duplo-duplo: 11 pontos e 10 rebotes.


Pelo lado da Argentina, o destaque foi Gabriel Deck, com 24 pontos. O armador Nicolas Laprovittola, que já atuou pelo Flamengo, anotou 17 pontos, seguido pelo também armador Facundo Campazzo, que registrou 11 pontos e oito assistências.


Na disputa da medalha de bronze, a França reverteu uma desvantagem de 16 pontos e venceu a Austrália por 67 a 59. É a segunda vez seguida que os franceses terminam o Mundial na terceira colocação. A seleção da França foi a responsável pela queda dos Estados Unidos no campeonato, eliminando os americanos nas quartas-de-final.


O quinteto ideal do Mundial, anunciado pela FIBA, foi o seguinte:


Ricky Rubio - Espanha

Bogdan Bogdanovic - Sérvia

Evan Fournier - França

Luis Scola - Argentina

Marc Gasol - Espanha

1 visualização

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados