Darlan conquista ouro no Mundial Militar de Wuham, na China

Brasileiro venceu o arremesso do peso com a boa marca de 22,36 m, quebrando o recorde da competição, que pertencia há 20 anos ao italiano Paolo Dal Soglio

Foto: CBAt


O catarinense Darlan Romani venceu nesta terça-feira a prova do arremesso do peso dos 7° Jogos Mundiais Militares do CIS, em Wuhan, na China. O brasileiro, quarto colocado no Mundial de Atletismo de Doha, no Catar, foi o campeão, com 22,36 m, com direito ao recorde do campeonato. O atleta é bicampeão do evento.


Darlan superou o polonês Korand Bukowiecki, segundo colocado com 21,84 m, e Bob Bertemes, de Luxemburgo, com 20,66 m. O desempenho ratifica a grande campanha do atleta na temporada 2019. Darlan, que já superou o índice olímpico para os Jogos de Tóquio várias vezes, voltou a arremessar acima da marca mínima exigida pela CBAt (21,10 m).


Os três primeiros colocados bateram o recorde da competição, de 20,39 m, que pertencia ao italiano Paolo Dal Soglio, na Croácia, há 20 anos.


Além dele, outros três brasileiros foram ao pódio no Estádio Five Rings Sports Center. Paulo André de Oliveira e Rosangela Santos ficaram com a prata nos 100 m, e Vitória Rosa com o bronze na mesma prova.


Nos 100 m, Paulo André fechou a final com 10s32, atrás apenas do iraniano Hassan Taftian, com 10.24, e à frente do francês Amaury Golitin, com 10s35.


Nos 100 m feminino o ouro foi para a França, com Carolle Zahi cravando 11.36. Rosangela Santos chegou apenas três centésimos atrás (11s39), trazendo colada Vitória Rosa, que marcou 11s40.


O torneio de atletismo do Mundial Militar prossegue até domingo (27).

0 visualização

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados