Convocados para os Jogos Parapan-Americanos de Lima disputarão as Paralimpíadas Universitárias

Mais de 380 estudantes participarão do evento no Centro de Treinamento Paralímpico, de 25 a 26 de julho

O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, sediará as Paralimpíadas Universitárias 2019, nos dias 25 e 26. Ao todo, 382 atletas de 21 estados mais o Distrito Federal estão inscritos na competição. Entre os participantes estão 14 convocados para integrar a delegação brasileira nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, em agosto. 


As Paralimpíadas Universitárias têm como objetivo estimular a participação dos estudantes universitários com deficiência física, visual ou intelectual em atividades esportivas de todas as Instituições de Ensino Superior (IES) do território nacional, para promover a ampla mobilização em torno do esporte. 


”As Paralimpídas Universitárias são uma forma de divulgar o esporte e representar a minha instituição. Além de mostrar o nosso trabalho, também é uma boa oportunidade para competir com pessoas diferentes, que muitas vezes não estão no alto rendimento, e isso ajuda como um treino. Outra questão interessante é estar com pessoas que vivem a mesma situação, precisar conciliar estudo e treinos“, contou Vitor Tavares, que cursa o primeiro período de educação física à distância, na UNINTER.


O paranaense representará o Brasil nas disputas do parabadminton, da classe SS6 (para baixa estatura), no Peru. Também estão entre os convocados para o Parapan, que competirão nas Universitárias: as gêmeas paranaenses Beatriz e Débora Borges (classe S14), da natação; a potiguar Thalita Simplício (T11), do atletismo; o paranaense Leonardo Zuffo (SL3), do parabadminton; Millena dos Santos (7), do tênis de mesa.

A cerimônia de abertura das Paralimpíadas Universitárias será na quarta-feira, 24, às 19h, na quadra de futebol de 5 do Centro de Treinamento Paralímpico. Na edição 2019, serão disputas oito modalidades: atletismo, bocha, basquete 3x3, judô, natação, parabadminton, tênis de mesa e tênis em cadeira de rodas.


Esta é a terceira edição da competição. Grandes nomes como a maior medalhista paralímpica feminina brasileira Adria Santos, que coleciona 13 medalhas paralímpicas, também participarão. As Universitárias são uma continuidade das Paralimpíadas Escolares, das quais podem participar atletas de 12 a 17 anos. No entanto, no evento universitário a disputa é por instituição de ensino e não por estado, como ocorre nas Escolares. Em 2018, o Centro Universitário Celso Lisboa-RJ foi o campeão e 292 atletas participaram da competição.


As Paralimpíadas Universitárias são organizadas pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), com apoio da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Secretaria de Esporte, Lazer e Inclusão Socail do Governo Federal, Governo do Estado de São Paulo, Conselho Federal de Educação Física (CONFEF) e da Prefeitura Municipal de São Paulo.

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados