Com Flavia Saraiva, Brasil já garante uma vaga em Tóquio/2020 na Ginástica Artística feminina

No Mundial de Stuttgart, ginasta ainda assegurou presença em três finais individuais. Por equipe, seleção feminina não obteve a vaga olímpica

Foto: CBG


A ginasta Flavia Saraiva obteve neste sábado (5) a primeira vaga individual olímpica para o Brasil na Ginástica Artística feminina. No Campeonato Mundial de Stuttgart, na Alemanha, Flavia classificou-se com a 10ª melhor nota no Individual Geral (11ª na classificação nominal) e desta forma assegurou sua classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio/2020. Além disso, avançou para três finais individuais da competição: além do Individual Geral, ela brigará por medalhas no solo e na trave.


Já a equipe, que participou do qualificatório neste sábado, teve que competir desfalcada por causa da lesão de Jade Barbosa ocorrida logo após sua série no salto, no início da competição. Ao final, terminou em 14º lugar (nota 157,596) e não obteve a classificação para Tóquio.


Flavia obteve a nota 54,932 no Individual Geral, onde disputará a final na próxima quinta-feira (10). Na trave, ela avançou para a disputa de medalhas na quinta colocação (13,700) e no solo avançou com a sexta melhor nota após os descartes (7º no geral), com 13,833.


Após a prova, ainda sem saber que já tinha alcançado a vaga olímpica individual, Flavia Saraiva comentou sobre sua sequência neste Mundial. “Vou lutar pelas minhas finais, treinei durante 12 anos da minha vida e sei que contarei com a torcida da equipe nas finais. Estaremos unidas até o final”, disse a ginasta brasileira.



0 visualização

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados