Caio Bonfim ganha sétimo título do Troféu Brasil Caixa de Atletismo

O marchador segue agora para a altitude de Sierra Nevada, na Espanha, em sua preparação final para a disputa do Mundial de Doha. No feminino, vitória de Elianay Barbosa

Foto: CBAt


Caio Bonfim e Elianay Barbosa, ambos do CASO-DF, venceram na manhã deste sábado (31) as provas dos 20 km marcha atlética no masculino e feminino do Troféu Brasil Caixa de Atletismo, disputadas em um circuito de 1 km, montado na Avenida Alpheu Grimello, ao lado do Lago do Taboão, em Bragança Paulista (SP).


Caio Bonfim, medalha de bronze no Mundial de Londres 2017, obteve o sétimo título da competição ao completar a distância em 1:24.32, seu melhor tempo no circuito, em que já havia competido três vezes. “Estou muito feliz com o resultado porque o percurso é muito duro e estava muito calor”, lembrou o marchador brasiliense. As provas, segundo a súmula da CBAt, começaram com 22 graus e terminaram com 31 graus.


O atleta de 28 anos gostou do desempenho também porque está se recuperando de um resfriado. “Acordei na quinta-feira com gripe e só melhorei um pouco na sexta-feira à noite”, disse Caio, que comemorou a vitória com o dedo na boca, dedicando a vitória para o filho Miguel, nascido em junho.


Ganhador da medalha de prata no Pan-Americano de Lima e classificado para o Mundial de Doha, ele segue na terça-feira (03) para Serra Nevada, na Espanha, onde fará a preparação final em altitude. “Vai ser um período difícil até o Mundial. Ficar isolado, longe da família, com foco total no treinamento, não deixa de ser complicado”, completou.


No feminino, Elianay, companheira de treino de Caio em Sobradinho (DF), venceu pela primeira vez o Troféu Brasil, depois de bater na trave inúmeras vezes, com o tempo de 1:40.32. “Disputei a competição pela primeira vez em 2002 e finalmente conquistei o ouro”, comemorou a atleta tocantinense de 35 anos. “Senti um pouco de cansaço porque venho de uma prova de 50 km no Pan de Lima, há três semanas”.


A experiente marchadora não esconde a sua alegria por esta temporada. “Venci o Troféu Brasil, a Copa Brasil, fui ao Pan e vou ao Mundial, tudo excelente”, comentou a atleta, qualificada para os 50 km do Mundial de Doha. No Catar, Elianay terá a companhia de Viviane Santana de Lyra (FECAM), vice-campeã neste sábado, com 1:42.15, qualificada para os 20 Km e os 50 km.



0 visualização

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados