Brasil vence Camarões e chega a sexta vitória na Copa do Mundo de Vôlei

Brasil superou Camarões por 3 sets a 0 em jogo realizado na cidade de Osaka, no Japão

Foto: Divulgação/FIVB


A seleção brasileira feminina de vôlei segue na briga pela medalha de bronze na Copa do Mundo. Na madrugada desta sexta-feira (27), a equipe venceu Camarões por 3 sets a 0 (25/11, 25/17 e 25/18), em 1h10 de jogo, em Osaka, no Japão. Foi a sexta vitória do time verde e amarelo na competição.


A equipe do treinador José Roberto Guimarães aparece em quarto lugar na classificação geral, com 18 pontos (seis vitórias e três derrotas). A China, única equipe invicta, lidera, com 26 pontos. Os Estados Unidos aparecem em segundo lugar, com 20, e a Rússia em terceiro, com 19.


A central Mara foi a maior pontuadora do Brasil na vitória sobre Camarões, com 11 acertos. A oposta Lorenne, com 10 pontos, também se destacou na partida. Apesar da derrota, Camarões teve a maior pontuadora do confronto, a atacante Moma, com 13 acertos.


A central Bia comentou sobre a partida e falou da importância do resultado na busca das brasileiras pela medalha de bronze na competição.


“Saímos muito felizes dessa partida. Foi uma boa vitória contra uma seleção que evoluiu bastante. Jogamos contra Camarões no Pré-olímpico, mas agora elas estavam com um time diferente. O mais importante foi termos estudado bem a equipe delas e aplicamos isso no jogo. Ainda brigamos pelo pódio com a Rússia e a Holanda. Estamos no caminho do nosso objetivo que é conquistar uma medalha nessa Copa do Mundo”, disse.


O treinador José Roberto Guimarães parabenizou o time verde e amarelo pela atuação contra Camarões. “Foi uma vitória importante para nossa sequência na competição. O comportamento foi muito positivo em relação a foco e concentração durante toda a partida. A ideia hoje era dar ritmo de jogo às jogadoras porque ainda teremos dois confrontos difíceis pela frente”, analisou o treinador, que falou também sobre os próximos desafios das brasileiras.


“Temos que continuar acreditando que é possível essa medalha de bronze. Teremos dois jogos difíceis contra escolas diferentes. Uma de muita velocidade (Coréia do Sul) e outra de bolas altas e de um bloqueio pesado (Rússia). Nosso time está bem focado na disputa do terceiro lugar”, afirmou José Roberto Guimarães.


O Brasil voltará à quadra às 23h desta sexta-feira (27) contra a Coreia do Sul.

0 visualização

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados