Brasil vence Azerbaijão e fica a uma vitória da vaga para Tóquio

Seleção feminina está muito perto de carimbar vaga para as Olimpíadas de 2020

Créditos: Divulgação/FIVB

A seleção brasileira feminina de vôlei está a uma vitória da classificação para os Jogos Olímpicos do próximo ano. Nesta sexta-feira (02.08), o Brasil venceu o Azerbaijão por 3 sets a 2 (25/13, 23/25, 21/25, 25/19 e 15/12), no ginásio do Sabiazinho, em Uberlândia (MG). Foi a segundo resultado positivo das brasileiras na competição. Na estreia, o time verde e amarelo passou por Camarões por 3 sets a 0.


O Brasil decidirá a classificação para Tóquio neste sábado (03.08), às 10h, contra a República Dominicana. A TV Globo e SporTV 2 transmitirão ao vivo.


A ponteira Gabi foi a maior pontuadora na vitória das brasileiras, com 18 pontos. A central Mara, com 15, a oposta Lorenne, com 14, e a central Bia, com 12, também pontuaram bem.


Ao final do duelo, a ponteira Amanda, que entrou bem na partida e foi um dos destaques na vitória das brasileiras, ressaltou o apoio recebido dos torcedores. 


“Nos momentos mais difíceis da partida a torcida foi fundamental. Os torcedores lotaram o ginásio e nos apoiaram sempre. O importante foi a vitória. Não existe time bobo no voleibol e o Azerbaijão fez uma boa partida.  Agora temos que baixar a adrenalina, estudar os erros que cometemos e pensar na República Dominicana”, disse Amanda.


Outro destaque do confronto, a central Mara fez uma análise do duelo contra o Azerbaijão.

“Começamos bem a partida, mas depois deixamos o Azerbaijão gostar do jogo. Sabemos que cometemos erros, mas o importante é que conseguimos essa vitória. Agora vamos descansar e pensar na República Dominicana para garantirmos a vaga nos Jogos Olímpicos do próximo ano”, afirmou Mara.


A equipe brasileira no Pré-Olímpico é formada pelas levantadoras Macris e Roberta, as opostas Tandara, Lorenne e Paula Borgo, as centrais Bia, Mara, Carol e Mayany, as ponteiras Natália, Gabi e Amanda e as líberos Léia e Suelen.


Nessa temporada, a seleção feminina já conquistou a medalha de prata na Liga das Nações. A fase final da competição foi disputada em Nanquim, na China. Na ocasião, três brasileiras entraram na seleção da Liga das Nações. A levantadora Macris, a ponteira Gabi e a central Bia foram eleitas as melhores das suas posições.


BRASIL

Macris, Lorenne, Tandara, Gabi, Mara e Bia. Líbero – Léia  Entraram – Roberta, Paula Borgo, Natália, Carol, Amanda,  Técnico – José Roberto Guimarães

3 visualizações

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados