Brasil supera Japão no último jogo em Sapporo pela Copa do Mundo de Vôlei

Seleção brasileira feminina bateu as anfitriãs por 3 sets a 0 na manhã desta terça-feira (24)

Foto: Divulgação/FIVB


A seleção brasileira feminina de vôlei teve uma grande atuação na manhã desta terça-feira (24) na Copa do Mundo. Diante de um ginásio lotado com 6.650 pessoas, as brasileiras superaram as japonesas por 3 sets a 0 (25/14, 25/21 e 25/23), em 1h38 de jogo, em Sapporo, no Japão. Foi o quinto resultado positivo da equipe do treinador José Roberto Guimarães na competição.


O time verde e amarelo viajará nesta quarta-feira (25) para Osaka, também no Japão, para disputar a terceira e última fase da Copa do Mundo. As brasileiras voltarão à quadra na próxima sexta-feira (27), às 2h (horário de Brasília), contra Camarões.


Na classificação geral, o Brasil aparece em quinto lugar, com 15 pontos (cinco resultados positivos e três negativos). A China, única equipe invicta, lidera, com 23 pontos. Os Estados Unidos estão em segundo lugar, com 20, a Rússia aparece em terceiro lugar, com 19 e a Holanda em quarto, com 16 e a mesma campanha das brasileiras.


A ponteira Gabi foi a maior pontuadora do confronto, com 16 acertos. A oposta Lorenne, com 15, e a central Fabiana, com 12, também se destacaram na partida. Pelo lado do Japão, a atacante Ishii marcou 12 pontos.


Ao final do duelo, a central Fabiana comentou sobre a partida e falou da dificuldade de jogar contra o Japão. “Conseguimos essa vitória muito importante. É sempre difícil enfrentar o Japão ainda mais dentro da casa delas. Fiquei feliz com a nossa atuação e como todo o grupo se comportou na partida. Ainda estamos na briga pelo pódio e vamos em busca do melhor resultado possível”, disse Fabiana.


O treinador José Roberto Guimarães fez uma análise do confronto e destacou a qualidade do adversário desta terça-feira. “O resultado do jogo não mostra a realidade que foi a partida. O primeiro set foi fora da curva e o segundo e o terceiro foram disputados ponto a ponto. Quando o Japão tem a bola para contra-atacar é complicado parar o time delas. Elas têm muita velocidade. Sempre me preocupo muito nas partidas contra o Japão. É uma equipe que não desiste nunca e tem muita qualidade. Foi uma vitória importante”, afirmou.

0 visualização

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados