Brasil fica muito perto do pódio no Mundial de Ginástica Trampolim

Camilla Lopes e Alice Gomes competiram muito bem e terminaram em quarto lugar no Sincronizado feminino. No Individual das mulheres, Camilla repetiu desempenho do Mundial de 2018 e buscará vaga olímpica no ano que vem

Foto: CBG


Faltou muito pouco para que o Brasil conquistasse uma medalha no Campeonato Mundial de Ginástica Trampolim, que foi realizado no Ariake Gymnastics Centre, em Tóquio, no Japão. No último sábado (30), as brasileiras Camilla Lopes e Alice Gomes terminaram em quarto lugar no Trampolim Sincronizado feminino, ao obterem a nota 47,890. A prova, que não faz parte do programa olímpico, teve como vencedora a dupla do Japão, formada por Yumi Takagi e Ayano Kishi.


Embora tenham ficado fora do pódio, as brasileiras comemoraram a evolução da dupla na competição, pois melhoraram o resultado em relação ao Mundial de 2018, realizado em São Petersburgo, na Rússia, quando ficaram em sexto lugar.


“Foi um excelente resultado, pois melhoraram em relação ao último Mundial. Claro que é um pouco frustrante, pois elas chegaram muito perto da medalha de bronze, mas as meninas competiram muito bem, deram o melhor delas. Estamos muito satisfeitas com este resultado”, disse Tatiana Figueiredo, técnica da Seleção Brasileira.


Para Alexandro Rungue, treinador de Alice Gomes, o resultado mostrou a evolução da Ginástica Trampolim do Brasil. “Fiquei muito feliz com este resultado, por saber que estamos desenvolvendo bem o nosso trabalho. As atletas estão sendo mais conhecidas, pois vêm se apresentando bem nas competições internacionais e subindo no ranking mundial”, afirmou.


As duas brasileiras também admitiram um pouco de frustração por quase ter ficado com a medalha, mas festejaram a evolução na prova. “Conseguimos melhorar duas posições em relação ao último Mundial. Ficamos com o gostinho da medalha na boca, mas este resultado comprova a nossa evolução”, afirmou Camilla Lopes.


“Este quarto lugar mostra o resultado do nosso trabalho. Estamos construindo uma trajetória a cada dia. As próximas competições estão chegando, temos Copas do Mundo em fevereiro e abril, e vamos seguir buscando nossa evolução”, disse Alice Gomes.

Vaga olímpica fica para 2020


Ainda na madrugada do último sábado (30), Camilla Lopes participou da semifinal do Trampolim Individual, que é prova olímpica. Ela terminou em 14º lugar, repetindo o resultado do Mundial de 2018, ao ficar com a nota 52,675. Fora da final, a brasileira também não pôde assegurar sua vaga antecipada para a Olimpíada de Tóquio/2020.


Agora, os ginastas brasileiros têm mais duas oportunidades para carimbarem o passaporte: através do Campeonato Pan-Americano de Trampolim, que acontecerá em maio do ano que vem, ou pelo ranking das Copas do Mundo da modalidade. Nesta competição, Camilla Lopes é a melhor brasileira classificada, aparecendo na 16ª posição.

4 visualizações

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados