Brasil é superado pela Holanda na Copa do Mundo de Vôlei

Seleção feminina conheceu sua primeira derrota na competição disputada no Japão

Foto: Divulgação/FIVB


Depois de duas vitórias, contra Sérvia e Argentina, a seleção brasileira feminina de vôlei não conseguiu vencer a Holanda no terceiro dia da Copa do Mundo. Nesta segunda-feira (16), as holandesas superaram as brasileiras por 3 sets a 0 (25/23, 25/21 e 25/22), em 1h37 de jogo, em Hamamatsu, no Japão.


A equipe do treinador José Roberto Guimarães tem duas vitórias e uma derrota na competição e aparece em quinto lugar, com cinco pontos. A China lidera, com nove pontos, seguida pela Holanda e os Estados Unidos, também com nove, mas com piores saldos de sets.


O time verde e amarelo voltará à quadra às 6h (horário de Brasília) da próxima quarta-feira (18) contra o Quênia.


A oposta Lorenne foi a maior pontuadora entre as brasileiras, com 13 pontos. As ponteiras Gabi e Drussyla marcaram 12 pontos cada uma. A Holanda contou com uma grande atuação da oposta Lonneke Sloetjes, maior pontuadora da partida, com 25 acertos.


O treinador José Roberto Guimarães lamentou a derrota, mas fez questão de ressaltar a boa atuação da Holanda.


“Tenho que parabenizar a Holanda que fez um excelente jogo, principalmente no sistema defensivo. Cometemos alguns erros na relação entre o bloqueio e a defesa. As holandesas tiveram mais conjunto, leitura e discernimento para decidir algumas bolas. A Lonneke fez uma partida excepcional com 25 pontos e poucos erros. Foi um jogo importante para aprendermos para o futuro”, afirmou.


Forma de disputa


Na Copa do Mundo, 12 seleções se enfrentam e a equipe que somar o maior número de pontos se sagrará campeã. A competição conta com a atual campeã mundial, Sérvia, o Japão (país sede) e as duas melhores seleções de cada continente no ranking mundial.

2 visualizações

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados