Brasil é derrotado pelos Estados Unidos e dá adeus ao Mundial

Seleção Brasileira faz boa partida, mas acaba eliminada e terá que disputar Pré-Olímpico em 2020


LINTAO ZHANG/GETTY IMAGES

A Seleção Brasileira de basquete foi derrotada pela equipe dos Estados Unidos nesta segunda-feira (09) por 89 a 73 e foi eliminada do Mundial disputado na China. Com a vitória da Grécia sobre a República Tcheca, o Brasil precisava de uma vitória simples para avançar.


Com a eliminação, o Brasil perdeu a chance de conquistar a vaga olímpica via Mundial e agora terá que vencer o Pré-Olímpico no ano que vem, que será disputado um mês antes dos Jogos de Tóquio. A competição ainda não tem um país-sede definido e a CBB (Confederação Brasileira de Basquete) irá pleitear junto à FIBA para que o Brasil sedie o torneio.


No jogo contra os americanos, o destaque do time brasileiro foi o ala Vitor Benite, que saiu do banco de reservas e anotou 21 pontos. Anderson Varejão, também vindo do banco, terminou a partida com 14 pontos e 8 rebotes. Pelo time americano, o armador Kemba Walker e o pivô Myles Turner foram os cestinhas com 16 pontos cada.


O destaque negativo ficou por conta do técnico croata Aleksandar Petrovic, comandante do time brasileiro. Após tomar duas faltas técnicas, o treinador foi expulso da partida ainda no primeiro tempo. César Guidetti, assistente de Petrovic e atual técnico do Esporte Clube Pinheiros, substituiu o croata à beira da quadra.


Líder de seu grupo na primeira fase, com três vitórias e 100% de aproveitamento, o Brasil precisava de uma vitória nos dois jogos da fase seguinte para avançar, mas sucumbiu diante de República Tcheca e Estados Unidos, que se classificaram para os mata-matas.

0 visualização

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados