Atletismo brasileiro entra no ano novo com foco nos Jogos de Tóquio

A competição é a maior de 2020 e o atletismo se prepara para a disputa, que ocorrerá de 31 de julho a 9 de agosto, no Estádio Olímpico de Tóquio. O Sapporo Odori Park será sede das competições de maratona e marcha atlética, a 800 km da capital japonesa

Foto: CBAt


A grande atração do calendário de 2020, divulgado pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), será os Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, disputados - no atletismo - de 31 de julho a 9 de agosto. A competição será aberta com as preliminares dos 400 m com barreiras feminino, no dia 31 de julho, e termina com a maratona masculina no dia 9 de agosto, em Sapporo.

"Todos as atenções estarão voltadas para a preparação para Tóquio, que completará um importante ciclo olímpico", lembrou o presidente do Conselho de Administração da CBAt, Warlindo Carneiro da Silva Filho. "Teremos uma equipe competitiva", afirma.

Por causa do calor esperado para Tóquio em agosto, as provas mais longas - maratona feminina e masculina, os 20 km e 50 km masculinos e femininos - foram transferidas para Sapporo, a 800 km da capital japonesa, que registram historicamente 8 graus a menos na época do ano em relação a Tóquio.

Os circuitos serão montados no Sapporo Odori Park, que já recebeu a maratona de Hokkaido. Trata-se ainda de um ponto turístico importante da cidade, localizado na região central (de fácil acesso aos torcedores). Diversos eventos são organizados no local durante o ano.

O calendário nacional, mais uma vez, terá a Copa Brasil Caixa de Cross Country como a primeira competição do ano, no dia 18 de janeiro, em Serra, no Espírito Santo. A competição será seletiva para o Pan-Americano de Cross, marcado para o dia 29 de fevereiro, em Victoria, no Canadá.

Nos dias 15 e 16 de fevereiro será disputada a Copa Brasil Caixa de Marcha Atlética, ainda sem local definido.

Já de 13 a 15 de março será realizado o primeiro grande campeonato da World Athletics (IAAF): o Mundial de Atletismo Indoor, em Nanjing, na China. Em seguida, no dia 29, está previsto o Mundial de Meia Maratona, em Gdynia, na Polônia.

Em 2020, voltam a ser disputadas a Copa Brasil Caixa de Provas Combinadas e a Copa Brasil Caixa de Meio-Fundo e Fundo, nos dias 4 e 5 de abril, no Estádio do Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo, em Bragança Paulista (SP).

O Mundial de Marcha Atlética por Equipes está marcado para os dias 2 e 3 de maio, em Minsk, em Belarus.

O Troféu Brasil Caixa, a principal competição interclubes da América Latina, está marcada para o período de 7 a 10 de maio, sem local definido. Já no dia 17 do mesmo mês está previsto o Grande Prêmio Brasil Caixa, também em sede a ser definida. Poucos dias depois, Tenerife, na Espanha, recebe o Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, de 22 a 24.

Os Campeonatos Brasileiros estão previstos para o período de 12 a 14 de junho (sub-20), de 14 a 16 de agosto (sub-18), de 28 a 30 de agosto (sub-23), e de 16 a 18 de outubro (sub-16). Todos com sedes indefinidas.

Outras competições importantes para os brasileiros são o Mundial de Atletismo Sub-20, que será disputado de 7 a 13 de julho, em Nairóbi, no Quênia, e o Sul-Americano Sub-18, de 11 a 13 de setembro, em Encarnación, no Paraguai, e o Sul-Americano Sub-23, de 26 a 27 de setembro, em Georgetown, na Guiana.

0 visualização

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados