9ª edição da Liga de Desenvolvimento (LDB) terá início nesta quarta-feira

Maior competição de base do basquete nacional contará com 13 equipes

A nona edição do Campeonato Brasileiro de Interclubes – Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB) vai começar. Com 13 equipes participantes, duas a mais que na última edição, a maior competição de base do basquete brasileiro terá início nesta quarta-feira (24/07), em duas sedes distintas: Rio de Janeiro (RJ) e Curitiba (PR).


O Campeonato Brasileiro Interclubes – Liga de Desenvolvimento de Basquete é uma competição nacional Sub-20 de clubes organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com apoio da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e parceria do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC).


Durante a LDB 2019, 13 será o número de equipes participantes; são elas: ADRM/Maringá (PR), Basquete Cearense (CE), Corinthians (SP), Coritiba Monster/Sociedade Thalia (PR), Curitiba Basquetebol/CMP/ABSB (PR), Flamengo (RJ), Minas Tênis Clube (MG), Pinheiros (SP), Paulistano (SP), Praia Clube (MG), União Corinthians (RS), São José Basketball (SP) e Sesi Franca Basquete (SP).


Com a competição batendo à porta, seguem alguns fatos importantes:


O que é a LDB?

O Campeonato Brasileiro de Interclubes – Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB) é uma competição sub-20, organizada pela Liga Nacional de Basquete, que acontece anualmente.

Sua primeira edição aconteceu em 2011, em parceria com o Ministério do Esporte. Com o intuito de ajudar na formação de jovens atletas no cenário nacional, a competição tem feito o seu papel nos últimos anos e serviu como um grande celeiro da nova geração do basquete brasileiro.

A maior prova disso é que cerca de 50% dos atletas que atualmente disputam o NBB CAIXA já participaram da competição, além de alguns jogadores que hoje em dia atuam na NBA, casos dos alas Didi (draftado pelo New Orleans Pelicans) e Bruno Caboclo (Memphis Grizzlies), e do pivô Cristiano Felício (Chicago Bulls).


Sistema de Disputa

A primeira etapa da LDB 2019 será dividida em duas partes, que após o seu término classificará os oito primeiros colocados à fase final. A primeira começará no dia 24 de julho (quarta-feira) e se encerrará no dia 30 do mesmo mês (terça-feira).


Nesse primeiro momento, as equipes serão divididas em dois grupos, mas em sedes diferentes: o Grupo A jogará no Ginásio Palácio de Cristal, em Curitiba (PR), e o Grupo B no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ). Dentro de seus grupos, os times se enfrentarão, todos contra todos, uma vez.


Equipes do Grupo A

Pinheiros (SP), Basquete Cearense (CE), União Corinthians (RS), São José Basketball (SP), Flamengo (RJ) e ADRM/Maringá (PR).


Equipes do Grupo B

Paulistano (SP), Sesi Franca Basquete (SP), Corinthians (SP), Coritiba Monster/Sociedade Thalia (PR), Curitiba Basquetebol/CMP/ABSB (PR), Minas Tênis Clube (MG), Praia Clube (MG).

Já a segunda parte acontecerá em São Paulo, entre os dias 27 de agosto e 03 de setembro. Nela, as equipes do Grupo A enfrentarão as do Grupo B, mais uma vez em dois locais distintos: no Continental Parque Clube (Osasco) e no Ginásio Antônio Prado Jr (São Paulo). Ao final da disputa, os oito melhores colocados garantirão a vaga na fase final, que também ocorrerá em São Paulo.


A fase final acontecerá entre os dias 24 e 29 de setembro, com sede no Ginásio Antônio Prado Jr. Nela, os oito classificados serão divididos em dois grupos da seguinte maneira: Grupo C, com 1º, 4º, 5º e 8º colocados, e Grupo D, com 2º, 3º, 6º e 7º colocados.


Os quatro membros de cada grupo se enfrentarão entre si e, após isso, os dois primeiros colocados de cada chave avançam ao Final Four da competição, que terá confrontos entre o 1º C x 2º D e 1º D x 2º C. Após os duelos, os vencedores farão a finalíssima, marcada para o dia 29 de setembro.


Vale lembrar que o campeão terá o direito de disputar a Taça Interligas de Desenvolvimento de 2020 contra o campeão da LDD (Liga de Desarollo).


Já os times que terminarem em 3º e 4º de seus grupos da fase final farão a disputa de 5º a 8º (3º C x 4º D e 3º D x 4º C).


Principais elencos


Pinheiros

Campeão da última edição da LDB, o EC Pinheiros entra na competição como um dos principais candidatos ao título novamente. Mesmo sem poder contar com boa parte do elenco vitorioso, o time pinheirense conseguiu se renovar e segue muito forte para mais esse campeonato.


Um dos reforços foi ninguém mais ninguém menos que o Jogador Mais Eficiente da LDB 2018: o ala/pivô Mãozinha. Atuando pelo ADRM/Maringá, o atleta de 18 anos teve médias de 17,7 pontos, 11,2 rebotes e 24,3 de eficiência. Agora, nas mãos de David Pelosini, será um dos pilares da equipe na competição.


Fundamentais no bicampeonato de 2018, os alas Danilo Sena e Jonas Buffat seguem na equipe para a disputa da LDB 2019. O primeiro teve boa passagem pelo Cerrado Basquete durante a Liga Ouro 2019, enquanto o segundo permaneceu na base pinheirense.


O clube também apostará em jovens promessas, como o armador Gabriel Campos, de apenas 17 anos. Irmão do experiente ala Jefferson Campos, Gabriel sempre se destacou pelo estilo de jogo ousado, com muita velocidade e jogadas plásticas, além de Bernardo Möller, reforço dos paulistas que nos concedeu entrevista exclusiva.


Flamengo

Maior vencedor ao lado do Pinheiros (dois títulos cada), o Flamengo chega para a LDB 2019 com um elenco de muita qualidade.  O time rubro-negro tem um trio já experiente em LDB que promete muito: o armador Matheusinho, o ala Matheus Weber (ex-Paulistano) e o ala/pivô Ruan, todos com participações em partidas do NBB CAIXA.


Além deles, o clube da Gávea ainda aposta em uma jovem promessa que já demonstrou seu potencial fora do Brasil: o armador Pedro Nunes. Com boas passagens pelo Joventut Badalona (ESP) e IMG Academy (EUA), o jogador de 2,01m é um dos grandes nomes para se ficar de olho na LDB 2019.


Paulistano

O Paulistano/Corpore é outro time que vem forte para a competição. Campeão em 2017 e vice em 2018, o time comandado pelo treinador Beto Jayme confia em uma dupla que já conquistou o campeonato e também integra a equipe principal: o armador Beto Fagundes e o pivô Dikembe – MVP da LDB 2017.


O CAP ainda conta com um novo reforço que atuou pelo rival Pinheiros na última edição, o ala/armador Jonatan, que teve médias de 16,3 pontos, 3,1 rebotes e 14,4 de eficiência.


Sesi Franca Basquete

Berço de grandes craques do basquete brasileiro, o Sesi Franca Basquete geralmente entra nas competições para brigar pelo título. E na LDB 2019 não será diferente.


Com a mesma base da última edição, o time francano tem como ponto forte o garrafão da equipe. Na posição, três jogadores se destacam: os alas/pivôs Márcio, 16 anos e 2,02m, e Edu Marília, 17 anos e 2,07m, e o pivô Augusto, 18 anos e 2,06m, que já integram o elenco profissional da equipe francana. 


Os estreantes:

Coritiba Monsters/Sociedade Thalia

O Coritiba Monsters foi fundado em março de 2019, em um projeto encabeçado pelo ex-jogador Rolando Ferreira, primeiro brasileiro a disputar a NBA. Em pouco tempo, a equipe já está participando de campeonatos regionais, como a Série Prata do Campeonato Paranaense e o Campeonato Metropolitano.


Pela primeira vez na LDB, a equipe coxa-branca será comandada pelo treinador Fábio Pellanda. Alguns atletas do time já participaram de outras edições da competição, como o ala/pivô Herbert (ex-Círculo Militar de Curitiba) e o pivô Cristofer Duarte (ex-Paulistano).


Corinthians

Uma das equipes participantes do NBB CAIXA, o Corinthians estreará na LDB 2019. O clube do Parque São Jorge será comandado por Vitor Galvani, auxiliar do time profissional e técnico do Sub-19.


O elenco conta com jogadores da equipe Sub-19 do Timão, além de alguns atletas que já participaram do campeonato por outras equipes, como o armador Daniel Von Haydin e o ala Felipe Dalaqua, que disputaram a última edição pelo Palmeiras, e o armador Matheus Ribas, ex-Círculo Militar de Curitiba.


Campeões/MVP´s

2011 – Flamengo MVP – Fred Varejinho (Flamengo)

2012 – Bauru MVP – Andrezão (Bauru)

2013 – Flamengo MVP – Ronald (Brasília)

2014 – Basquete Cearense MVP – Cristiano Felício (Flamengo)

2015 – Pinheiros MVP – Lucas Dias (Pinheiros)

2016 – Sesi Franca MVP – João Pedro (Franca)

2017 – Paulistano MVP – Dikembe (Paulistano)

2018 – Pinheiros MVP – Mãozinha (Maringá)


Sedes de cada etapa

1ª Etapa:

Grupo A: Ginásio Palácio de Cristal, em Curitiba (PR) Grupo B: Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ).


2ª Etapa:

Ginásio Antônio Prado Jr (SP) Continental Parque Clube (Osasco)


Fase final:

Ginásio Antônio Prado Jr (SP)


Tabela de jogos do 1º dia da LDB 2019:

24/07 (Quarta-feira)

Sede RJ - Ginásio do Tijuca Tênis Clube 09h - EC Pinheiros x Basquete Cearense 11h15 - União Corinthians/Unico x São José Basketball 13h30 - Flamengo x ADRM/Maringá

Sede Curitiba - Ginásio Palácio de Cristal 14h - Paulistano x Sesi Franca Basquete 16h15 - Corinthians x Coritiba Monsters/Sociedade Thalia 18h30 - Curitiba Basquetebol/CMP/ABSB x Minas Tênis Clube

0 visualização

​​​​© 2020 desenvolvido por Market21 Comunicação - Todos os direitos reservados